Archive for agosto 21st, 2011

agosto 21, 2011

Juízes e PF ameaçam fazer greve!

Os servidores da Polícia Federal vão aumentar a pressão sobre o governo Dilma Rousseff. Cerca de 11 mil tabalhadores da corporação, entre administrativos, agentes, escrivães e papiloscopistas, planejam entrar em greve a partir de 25 de agosto. Em assembleia na manhã desta quinta-feira (18/8) em frente ao edifício sede da instituição, em Brasília, os trabalhadores reclamaram do andamento das negociações no Ministério do Planejamento.

Os agentes, escrivães e papiloscopistas recebem remunerações entre R$ 7,5 mil e R$ 11,8 mil. Mas eles querem que o teto salarial seja semelhante ao dos servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), de R$ 18,4 mil. No caso dos administrativos, do Plano Especial de Cargos, os vencimentos variam de R$ 2.115,19 a R$ 6.065. O pedido é por um aumento de 17%.

Em negociação com o governo federal desde abril, os servidores aguardam uma proposta oficial do Planejamento para a próxima terça-feira. Dois dias depois, eles vão se reunir em assembleia para decidir o rumo dos protestos. “Podemos votar pela greve, pela operação-padrão ou por paralisações”, disse Jones Leal, presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal (Sindipol-DF).

Juiz quer mais 30%

Os juízes federais ameaçam paralisar as atividades se não receberem 30% de reposição salarial. Essa é a defasagem acumulada nos últimos seis anos e meio, segundo o presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Gabriel Wedy. Em 21 de setembro, os magistrados promoverão manifestação na Praça dos Três Poderes reivindicando também a criação de mais 225 cargos na carreira.

Blog do Servidor/Correio Braziliense

agosto 21, 2011

A geração Y é mais produtiva do que a X?

Depende. A geração Y (os nascidos na década de 80) ingressa nas empresas com altas expectativas referentes à carreira e à conquista de seu espaço no mundo dos negócios. Lembrando que ela cresceu em ambiente rápido, competitivo e onde a informação havia se tornado ‘commoditie’. Atendo clientes da geração Y, que procuram processos de coaching exatamente para lidar melhor com a ansiedade, frustração e raiva causada pela suposta ‘lentidão’ dos X e do mundo corporativo, ainda bastante direcionados pelos mesmos. Com base na experiência que tenho com esses profissionais, posso dizer que a geração Y pode ser mais produtiva caso a interface com outras pessoas, principalmente da geração X, seja baixa ou nenhuma. Já se o progresso de sua produção depender de relações interpessoais com a geração X, terão sua produtividade reduzida, e muita frustração para digerir. (Guilherme Lang Dias Rego)

O LÍDER MODERNO TEM QUE OUVIR

Consultora de 26 anos fala da arrojada geração Y e das novas formas de liderança
O líder moderno, a meu ver, é uma pessoa estratégica, disponível para o relacionamento interpessoal, com boa comunicação e habilidade de inspirar pessoas com os valores de uma causa comum. Consegue estabelecer um estilo de liderança participativo, integrando-se, criando um ambiente e relacionamento horizontal com seus liderados, não sendo a pessoa que fala mais alto, mas a que possui grande capacidade de ouvir e compreender. Sabe libertar e incentivar o talento de seus colaboradores, tendo boa visão de futuro, sendo auto-confiante e firme, sem ser arrogante. É proativo, consciente, realizador, apaixonado por liderar e por pessoas. Para ser líder, não basta ter conhecimento técnico, mas também em gestão de pessoas, sensibilidade e maturidade para lidar com diferentes demandas técnicas e humanas. (Janete Trevisani)

Leia o artigo completo

Tags:
agosto 21, 2011

Postura crítica

“Certa feita, um dirigente classista cujo nome prefiro omitir, afirmou que sem prudência, sem cautela, sem juízo não se negocia com o governo. Num primeiro momento achei que ele estava sendo bem razoável, comedido, virtuoso até. Porém depois, com o encalhe da nossa diligência e com a evolução dele na vida, compreendi que aquelas aparentes virtudes tinham um sinônimo bem mesquinho: medo […] A melhor luva térmica que conheço é feita com a combinação de três materiais muito resistentes: independência, franqueza e verdade. Essa luva é conhecida na praça com o nome de postura crítica […] Leia o novo artigo de Antonio Sérgio Valente