Archive for agosto 9th, 2011

agosto 9, 2011

Sindifisco Nacional contrata criminalista

Em virtude de informações divulgadas pela imprensa nos últimos dias acerca de um suposto esquema de corrupção na fiscalização da DRF (Delegacia da Receita Federal) de Osasco (SP) – e da suspeita de que o caso pode ter ligação com a morte do Auditor-Fiscal Jorge Luiz Miranda da Silva -, em maio deste ano, o Sindifisco Nacional esclarece que vem acompanhando o caso desde o início, tendo prestado apoio à família do Auditor falecido.

Assim que tomou conhecimento que a Coger (Corregedoria Geral da Receita Federal do Brasil) e a PF (Polícia Federal) já atuavam no caso e diante da dimensão que ele tomou, o Sindifisco Nacional contratou o advogado criminalista Odel Antun para acompanhar passo-a-passo os desdobramentos da investigação Leia mais

Sindifisco Nacional

Leia também:

Morte de Auditor da Receita Federal merece investigação

Tags:
agosto 9, 2011

Morte de Auditor da Receita Federal merece investigação

08 ago 2011

Nos últimos dias, a categoria vem acompanhando pelo noticiário denúncia acerca da existência de um suposto esquema de corrupção envolvendo a fiscalização na Delegacia da Receita Federal em Osasco.

De positivo, tem-se a participação da corregedoria da Receita Federal da 8º Região Final à frente das investigações, o que por si só sinaliza para a sociedade que a Receita Federal tem capacidade de cortar a própria carne, quando necessário. O lado negativo é a eventual participação de Auditores-Fiscais nas supostas fraudes apontadas.

Mas há um detalhe trágico ainda não divulgado ou revelado para os filiados do Sindifisco Nacional, senão vejamos: Na segunda quinzena de junho, a DS/RJ solicitou reunião de emergência com superintendência da Receita Federal, para tratar da morte do AFRFB JORGE LUIZ MIRANDA DA SILVA.

Em meados de junho, após desaparecimento de 30 dias, os familiares do AFRFB José Luiz encontraram seu corpo no Instituto Médico Legal em Nova Iguaçu, pronto para ser enterrado como indigente. Estava morto desde o dia 15/05, em função de um acidente de carro na Dutra. Causou estranheza o fato, visto que conduzia seu próprio carro, portava inclusive documentos funcionais e quase fora enterrado sem identificação. Também tínhamos notícias de que o mencionado auditor encontrava-se ameaçado de morte, porque havia denunciado suposto esquema de corrupção.

Diante dos fatos, vislumbramos a necessidade de, com o auxílio da SRRF da 7º, acionar a Polícia Federal, visando a acompanhar o caso e requerer igualmente empenho da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro na elucidação da morte do fiscal. Ocorre que notícias vindas de São Paulo nos deram conta da necessidade de se manter o assunto em sigilo, a fim de não atrapalhar as investigações. Entretanto, na semana passada a imprensa noticiou operação da Polícia Federal e da Corregedoria da Receita Federal do Brasil em São Paulo, onde foram cumpridos diversos mandados de prisão, de busca e apreensão em Osasco referente a suposto mega esquema de corrupção e que um ex-AFRFB foi o responsável da denúncia ao órgão correcional a possibilitar o início das investigações.

Conquanto, quem seria o ex-AFRFB autor da denúncia? Justamente JORGE LUIZ MIRANDA DA SILVA, que quando ocupava o cargo de Delegado Adjunto da DRF/OSASCO foi obrigado a transferir sua lotação para a DRF/São José dos Campos, por se sentir ameaçado de morte. Por tudo isso, a DS/RJ houve por bem encaminhar carta (em anexo) à Superintendência da Receita Federal da 7º RF, solicitando o necessário acompanhamento das investigações, pois a morte do Auditor-Fiscal JORGE LUIZ MIRANDA DA SILVA ocorreu em nossa região fiscal e merece ser devidamente esclarecida, não só em respeito aos seus familiares, mas também na defesa do Estado brasileiro e de seus agentes.

Finalmente, é com pesar que noticiamos a morte do AFRFB JORGE LUIZ MIRANDA DA SILVA.

Diretoria da DS/RJ do Sindifisco Nacional

Colaboração recebida do Rio de Janeiro

Tags:
agosto 9, 2011

Rede Globo e a Blogosfera

por Altamiro Borges – Com grande alarde no Jornal Nacional e nos demais veículos do seu império midiático, a Rede Globo divulgou na semana passada um longo documento com os seus “princípios editoriais”. O texto, enfadonho, risível e cínico, não é gratuito. Ele tem como alvo a blogosfera e as redes sociais, que minam a sua credibilidade e causam a queda de tiragem do seu jornal e da audiência de sua emissora.

Com a consolidação da Era Digital, em que o indivíduo isolado tem facilmente acesso a uma audiência potencialmente ampla para divulgar o que quer que seja, nota-se certa confusão entre o que é ou não jornalismo, quem é ou não jornalista, como se deve ou não proceder quando se tem em mente produzir informação de qualidade” […] Leia mais